Duratex reunirá coloboradores e mercado em Hackathon para criar inovação para Divisão Madeira

Information – Education – Matchmaking

Duratex

PUBLIEDITORIALComo parte do Programa de Capacitação Corporate, sob organização e metodologia do Startupi Education em parceria com a Baita Aceleradora, a Duratex realizará em São Paulo de 18 a 20 de dezembro um Hackathon, cujo objetivo principal será pensar e gerar novas aplicações, novos produtos e negócios para a divisão madeira.

“A inovação faz parte da cultura da companhia, a Duratex mobiliza seus colaboradores para que eles se engajem e tragam atitudes e ideias inovadoras para o ambiente de trabalho, envolvendo-os nos desafios que precisam de soluções cada vez mais inovadoras. Decidimos fazer essa iniciativa para possibilitar e acelerar o processo de inovação a partir da geração de novos conceitos ou melhorias em produtos e processos, além de desenvolver a criatividade dos colaborares e ampliar o relacionamento com o mercado” enfatiza Gabriela Rezende, responsável pela área de Inovação da empresa. Para participar, basta fazer sua inscrição no Hackathon Duratex 2017 até 10/12.

A Duratex, controlada pelos conglomerados Itaúsa e Grupo Ligna, é uma das maiores produtoras de painéis de madeira e louças e metais sanitários do Hemisfério Sul, além de líderes no mercado brasileiro de pisos laminados e um dos principais fabricantes de revestimentos cerâmicos do país.

Para entender melhor qual a motivação, os objetivos e como será o Hackathon Duratex, o Startupi conversou com os organizadores, confira a entrevista abaixo:

Qual a motivação que levou a Duratex a criar este Hackathon?

Inovação aberta possibilita acelerar o processo de inovação interno, a partir da geração de novos conceitos ou melhorias em produtos e processos. Entre as motivações que nos levaram a criar este Hackathon estão descobrir talentos, possibilidade de identificar/valorizar talentos com potencial e dar espaço a quem pode ter boas ideias, mas não sabe como expor; valorizar a marca entre outros

Por que optaram por um Hackathon como forma de incentivar a inovação dos funcionários?

Por possibilitar e acelerar o processo de inovação a partir da geração de novos conceitos ou melhorias em produtos e processos. Além de desenvolver a criatividade dos colaborares e ampliar o relacionamento com o mercado. Não significa que faremos apenas um Hackathon, o Programa de capacitação interna, criação de cultura Startup e inovação aberta se estenderá após o desafio

Qual o tema escolhido e quais os objetivos para este Hackathon?

Como posso diversificar a MADEIRA em vendas, novas aplicações, comercialização, novos produtos e processos e novos modelos de negócios

Quais as expectativas da empresa?

Visamos estimular a geração de ideias dos colaboradores e convidados externos para sugerir/promover uma mudança no modelo de negócios da unidade madeira

Os funcionários da Duratex poderão participar? E o público externo, poderá fazer parte do Hackathon?

Todos os colaboradores internos de todas as unidades de negócios da Duratex poderão se inscrever: Divisão Madeira, Deca, Hydra, Ceusa e áreas corporativas. Também será aberto ao público externo, poderão participar empreendedores, startups, arquitetos, decoradores, marceneiros, designers, engenheiros, enfim, profissionais ou estudantes que tenham ideias criativas e com muita vontade de mudar as formas tradicionais de negócios

Qual será a dinâmica da seleção?

Serão selecionadas até 75 pessoas no total, divididas em 3 grupos:

  • Grupo A: Pessoas físicas, não colaboradores nem funcionários da Duratex e que não tenham vínculo empregatício com a Duratex
  • Grupo B: Colaboradores, funcionários, estagiários, com vínculo direto com a Duratex, exclusivamente ligados a Madeira (fábrica de painéis, pisos e florestal)
  • Grupo C: Colaboradores, funcionários, estagiários, com vínculo direto com a Duratex (corporativo, Deca, Hydra e Ceusa), exclusivamente sem nenhuma ligação com o produto Madeira

Haverá apresentações para avaliação? Quem fará parte da Banca Avaliadora?

Sim, durante os dias 18 e 19/12 os grupos trabalharam no desenvolvimento da novas ideias e aplicações para o produto Duratex, seguindo uma metodologia e uma dinâmica que motivem e inspirem a criação de novos modelos de negócios, novas formas de comercialização e até mesmo novos produtos. Após este trabalho intenso que será liderado pelas equipes do Startupi e Baita, dia 20/12 os grupos farão seu pitch para uma Banca Avaliadora, composta por membros do Núcleo de inovação Duratex, líderes da unidade Madeira e convidados/especialistas do mercado

Haverá premiação dos vencedores?

Apesar de entender que o mais importante é participar e fazer parte deste processo de disrupção no mercado, a Banca Avaliadora escolherá uma equipe vencedora de cada Grupo (A, B e C), somando três (3) equipes vencedoras do Hackathon Duratex 2017.  Cada integrante das três (3) equipes vencedoras receberão um Vale Presente no valor de R$1.000,00 (hum mil reais), a ser utilizado no site https://www.vivaexperiencias.com.br/. O referido prêmio é intransferível e não poderá ser convertido em dinheiro.

A Duratex poderá após o Hackathon decidir explorar as ideias para implementar soluções dentro da empresa?

Sim, com certeza. A ideia é implementarmos ideias que possam transformar nosso negócio.

Como a empresa planeja implementar as melhores soluções desenvolvidas no evento?

As ideias serão avaliadas. Será definido conjuntamente com os membros do núcleo de inovação e liderança da Divisão Madeira quais ideias poderão ser implementadas.

Segundo Gabriela, “ações que fomentam a inovação e criatividade fazem parte da nossa estratégia de inovação para 2018”. Recentemente a Duratex anunciou o investimento de R$6,2 milhões na Viva Decora, principal plataforma de conteúdo, inspiração, produtos e serviços relacionada a arquitetura, design e decoração do Brasil. A transação, segundo o Presidente da Duratex, Antonio Joaquim de Oliveira, está em linha com uma das quatro avenidas de crescimento da companhia, que prevê a transformação digital, em formatos ainda mais intensos e inovadores, para atender ao novo perfil de profissionais e consumidores.

A companhia está apostando forte em inovação e durante o ano criou uma nova área especifica para produtos digitais e também uma equipe voltada para experimentações de novos negócios e tecnologias. Foram desenvolvidos projetos com diversas tecnologias como: IoT – Dispositivos para gestão de agua; Inteligência Artificial – ChatBot e software para análises de fraudes; Analytics – Analytics com bases comerciais e custo; Machine Learning – Algoritmos para aprender situações de apontamentos florestais; Inteligência Cognitiva – reconhecimento de padrões e imagens; Aplicativos híbridos e em PWA- Diversos aplicativos para a empresa; MultiCloud – Todos os novos projetos são utilizando as diferentes clouds de mercado e Beacons – Plataforma para ajuda no varejo.

Reconhecida como uma empresa sempre preocupada em oferecer aos mercados de atuação produtos originais e soluções inéditas, a Duratex inicia em 2017 uma nova etapa em suas práticas de inovação, buscando promover ainda mais a cultura da criatividade em todas as suas áreas e unidades. Para Gabriela, “o objetivo agora é promover um maior alinhamento das iniciativas de inovação às metas estratégicas e aos atuais e novos negócios. De acordo com as diretrizes da alta direção da empresa, a maior parte dos esforços das lideranças devem se voltar para novos produtos, serviços e, principalmente, modelos de negócio”.

Com esse propósito, foi criado no final de 2016 o Núcleo da Inovação, composto por representantes da Deca, da Madeira e áreas corporativas. O Núcleo é responsável por conduzir todas as iniciativas da empresa nesse campo de forma multidisciplinar e transversal, estimulando o surgimento de ideias que gerem impacto para os resultados.

O processo de Gestão da Inovação busca um alinhamento estratégico com todos os processos e estruturas organizacionais da empresa, razão pela qual o núcleo é composto pelas áreas dos negócios atuais (Deca + Madeira), Novos Negócios, Estratégia Corporativa, Negócios Digitais assim como Recursos Humanos, assegurando assim alinhamento organizacional em todos os níveis da corporação.

Para o Startupi Education, é um grande orgulho ter sido selecionado pela Duratex para organizar, junto com a Baita Aceleradora, o Hackathon 2017. Segundo Geraldo Santos, diretor-geral do Startupi, “empresas que apenas realizam um Hackathon para fortalecer sua marca, não estão inovando e dificilmente terão resultados concretos na busca por novos modelos ou novas soluções de negócios. Não é o caso da Duratex que enxerga a importância da capacitação interna, criação de cultura e mindset Startup em suas áreas de negócios e investe e incentiva a criação de grupos internos para debater e discutir temas ligados a esse assunto. Por isso, junto com a Baita, daremos continuidade ao projeto no início do ano, completando os módulos do Programa de Capacitação Corporate do Startupi Education, que faz parte da nossa estratégia de apoio ao ecossistema e geração de negócios entre grandes empresas e startups no País”, completa.

O post Duratex reunirá coloboradores e mercado em Hackathon para criar inovação para Divisão Madeira apareceu primeiro em Startupi.

Powered by WPeMatico